Tudo o que você precisa saber sobre Recibo de compra e venda, e Transferencia! - - Blog do Rikintosh -

NOVAS

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Tudo o que você precisa saber sobre Recibo de compra e venda, e Transferencia!





Comprar um carro, novo ou usado, significa a realização pessoal de muitas pessoas. Afinal, é preciso batalhar muito para conquistar esse bem tão sonhado. E quem opta por comprar um veículo seminovo precisa tomar alguns cuidados — como a transferência do carro para o seu nome.
A transferência é necessária, pois é a forma do DETRAN registrar todos os dados referentes ao veículo. Ao cumprir esse procedimento, é feita uma atualização na Base de Dados do DETRAN e também do RENAVAM (Registro Nacional de Veículos Automotores), com as informações do novo proprietário do veículo.
Geralmente isso causa algumas dúvidas, mas veja essas quatro dicas para fazer a transferência de carro sem problema!

Separe toda a documentação necessária

Para a transferência de carro, em caso de compra e venda, é preciso levar ao órgão de trânsito uma série de documentos. São eles:
  • o Recibo de Compra e Venda, preenchido e com firma reconhecida por autenticidade pelo comprador e pelo antigo dono;
  • o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV), com firma reconhecida por autenticidade pelo comprador e pelo antigo dono;
  • Original e cópia dos seguintes documentos:
    • Identidade pessoal (RG) ou CNH e o CPF;
    • Comprovante de endereço atualizado em seu nome ou parente de 1º grau.
  • o Formulário do RENAVAM preenchido;
  • Decalque do chassi do carro;
  • a Certidão de débito do veículo.
A certidão de débito do veículo pode ser retirada do departamento de trânsito. Nela constarão os possíveis débitos como IPVA, multas e licenciamento. O formulário do RENAVAM encontra-se no site do DETRAN de seu Estado.
Muita atenção ao preencher o CRLV: essa parte fica no verso da cédula. O comprador precisa colocar seus dados pessoais sem rasuras, pois se isso acontecer será necessária a segunda via desse documento.

Veja as taxas a pagar

Se o veículo tiver algum débito, como IPVA, licenciamento atrasado ou multas, será necessária a quitação para continuar o processo de transferência do veículo.
É preciso também se dirigir até o banco de sua preferência e pagar a emissão do novo CRLV. O veículo também irá precisar de vistoria, que também terá um custo.

Descubra o local certo onde ir

Com toda a documentação em mãos, incluindo cópias e a autenticação das assinaturas, com todas as taxas pagas e débitos pagos, é preciso ir até o DETRAN ou o CIRETRAN e fazer a vistoria do carro. Para não perder tempo à toa, verifique de antemão qual o lugar certo para se dirigir e seu respectivo endereço. Essas informações estão no site do próprio órgão de referência em seu Estado.
Vistoria feita, e com o laudo em mãos, basta levar toda a documentação para o departamento de transferência do DETRAN ou CIRETRAN. Após esse passo será necessário esperar alguns dias para retirar a documentação do veículo atualizada com os dados do novo proprietário.

Contrate um despachante

Para quem prefere comodidade e praticidade, pode procurar um despachante, que fará todo esse processo para o novo proprietário do veículo. Assim, não será necessário ir até o DETRAN, basta levar todos os documentos devidamente preenchidos, autenticados e com suas cópias até o profissional.
Vale lembrar que esse serviço é pago, porém você terá ampla tranquilidade e a certeza de que o despachante cumprirá todo o procedimento perfeitamente, sem descuidos.
Você ainda tem alguma dúvida sobre como transferir um carro para seu nome? Deixe o seu comentário!

Adblock Detectado

Por favor, desabilite este blog no seu adblocker

Me ajude a continuar trazendo conteudo de qualidade para o blog

Muito obrigado, RIKINTOSH